Assembleia de Deus
Assembleia de Deus
Ministério Belém

Pastor Presidente José Wellington Bezerra da Costa

Estudos Bíblicos > A família e os projetos de Deus

INTRODUÇÃO:

Deus começou seus projetos envolvendo a família e não apenas o esposo, ou a esposa, ou os filhos. Às vezes, o marido não quer que a esposa cresça, quando esta começa a galgar territórios. De igual modo, algumas mulheres não suportam ver os maridos decolando em seus projetos; acham que os maridos não sentem mais nada por elas, ficam fragilizadas, têm crises de identidade, crises emocionais só porque eles estão trabalhando demais, produzindo demais. Precisamos entender que tudo na vida é questão de ajuste. Deus criou um universo ajustado; a ciência já provou que a Terra vive em perfeito equilíbrio...

A IMPORTÂNCIA DE UMA FAMÍLIA DE DEUS

1. JESUS E SUA FAMÍLIA:

Se quisermos ser bons discípulos de Jesus, temos que trazer tudo o que nos envolve para o plano familiar. Nem mesmo Jesus nasceu sem genealogia. Deus não mandou Seu Filho vir a Terra sem um plano familiar.

Jesus não poderia aparecer do nada, porque não existe profeta sem identidade. Para ele ser quem foi, todo mundo tinha que saber de quem ele era filho (na Terra), quem era sua família. Jesus tinha a sua identificação, a sua identidade, o seu endereço. (Mt. 13:55; Mt. 2:11; Lc 2:42)

2. OS PATRIARCAS E OS PROFETAS E SUAS RESPECTIVAS FAMÍLIAS:

Também não existe chamado profético sem se conhecer a origem familiar do profeta: Isaías era filho de Amós; Jeremias, filho de Hilquias; Ezequiel, filho de Buzi, o sacerdote; Daniel era de linhagem nobre da tribo de Judá; Oséias era filho de Beeri, Joel, filho de Petuel, etc. Profeta tem nome, endereço, identidade, não surge do nada.

ABRAÃO E SARA: foram antes estruturados como família para que nascesse uma nação poderosa e Deus ainda disse que todas as famílias da Terra que estivessem neles seriam abençoadas.

JOSUÉ E SUA FAMÍLIA: Josué só permitiu que o povo entrasse na terra depois que decidisse deixar os amorreus, ou seja, a feitiçaria e a idolatria, e decidisse a quem iria servir, e enfatizou: (Js. 24:15). Josué entrou na terra com a sua família.

CONCLUSÃO:

Olhando para Noé vemos que ele convenceu sua família de que o melhor lugar para a família era na arca do Senhor. Entrar na arca fala da proteção para a família.

Então, há um plano, um projeto de redenção para a sua família e, para que o plano seja estruturado, a família precisa estar consagrada. A santidade deve ser uma constante, não é um projeto momentâneo.

A obra de redenção e santidade será completa na nossa casa, por causa de uma promessa. Deus nos chamou para a santidade e temos aliados fortes para consegui-la: a cruz do calvário, Jesus, o Espírito Santo.

Noé não tinha a cruz, nem conhecia o projeto de redenção, não tinha Jesus, nem o Espírito Santo. Você tem tudo isso! A sua redenção está pronta: "crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa". Ninguém ficará fora da arca da salvação.



Confira Também:

Como devemos estar na presença de Deus
Misericórdia no Antigo e no Novo Testamento
A intercessão do Espírito
Os Sete Pedidos de Jesus
A Prosperidade Bíblica
Relacionamento com Deus
Copyright © Assembleia de Deus - 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados.
Rua: Vedeta da Praia. 22 - Cep: 04814-260 - Jd. Graúna
Validado em  XHTML